Vítimas de abusos sexuais na Irlanda pedem ao Papa demissão de bispos implicados


As vítimas de abusos sexuais por parte da Igreja Católica irlandesa pediram hoje ao Papa, por carta, a demissão de mais de uma centena de bispos implicados naqueles crimes durante décadas.

O apelo surge um dia depois de Bento XVI ter voltado a condenar os abusos de crianças por padres e uma semana antes de um encontro com bispos irlandeses a propósito do escândalo de pedofilia envolvendo a Igreja Católica na Irlanda.

Três bispos apresentaram a sua demissão depois de uma investigação ter denunciado, em novembro, que a Arquidiocese de Dublin escondeu das autoridades os abusos sexuais contra crianças cometidos durante largos anos por padres.

Comentários

Mais vistas da semana