A disputa pela liderança no mercado da música gospel

Comentando o assunto - Durante anos a MK Music foi a líder de vendas de CDs evangélicos no Brasil. A gravadora tinha contrato com os maiores recordistas de vendas do setor. Nos últimos anos tem perdido alguns de seus principais nomes, e sem dúvidas a saída de Cassiane foi a maior perda do grupo MK, tanto que até hoje não encontraram uma cantora pentecostal de peso para substituí-la.

Em 2010 a concorrência foi aberta quando a Sony Music começou a contratar as cantoras mais famosas da música pentecostal. Elaine de Jesus, Cassiane e Damares foram o suficiente para começar a sacudir esse mercado monopolizado pela MK publicitá. Ao longo dos últimos 2 anos a Sony intensificou a presença dos cantores evangélicos na TV aberta brasileira.

E falando em TV não podemos esquecer do pastor Silas Malafaia. A Central Gospel music também começou contratando cantores de música pentecostal como Danielle Cristina, Rachel Malafaia (que na época cantava pentecostal) e Raquel Mello. Depois foram surgindo outros ritmos. Com exibição de clipes durante seu programa, o pastor Silas Malafaia foi colocando cada vez mais a marca Central Gospel na vida dos evangélicos da nação brasileira. Ano passado foi a vez de jozyanne e Eyshila integrarem o cast da gravadora, fora elas teve também a revelação do ano, o jovem cantor Jotta A. Hoje a Central Gospel Music é uma das gravadoras evangélicas mais respeitadas e reconhecidas do Brasil. 

Não podemos deixar de comentar um pouco sobre a Som Livre, das organizações Globo, que cada vez mais está conquistando a simpatia dos evangélicos. A Som livre tem muito que aprender ainda sobre o estilo gospel.

Central Gospel Music, MK Music e Sony Music hoje possuem os maiores representantes da música gospel em suas gravadoras. Cada uma delas em 2013 vai tentar trazer os nomes que ainda lançam CDs de forma independente. 

Uma coisa é certa, se a MK não vigiar vai acabar despencando para 2ª ou 3ª colocada no ranking das melhores gravadoras gospel do país. Os executivos da Sony Music não entraram atoa nesse mercado. A Central Gospel através da TV divulga seus materiais em rede nacional todo sábado na Rede Tv e de segunda a sexta na CNT. A som livre ainda está com um pé na frente e outro atrás, imagina quando resolverem investir na música gospel para valer! 

Gospel Channel Brasil - Comentando o assunto
gospelchannel@globomail.com



Comentários

HUGO disse…
Eu torço muito muito muito pela sony gospel e creio que daqui a pouco ela será a maior gravadora gospel desse país :) (espero que a ariely e a lauriete vão pra lá tbm)
Também torço muito pela Central...
A MK é a maior em questão de experiência e cast, mas por causa da materialidade deles creio que Deus fará justiça... Quem me conhece e sabem quem é a Yvelise sabe que eu nunca fui com a cara dela, e depois daquele rolo com o Tempo de Excelência...
Gabriel disse…
concordo com hugo
Anônimo disse…
Eu acho que o DVD "Um espetáculo de adoração" vai virar um "Tempo de Excelência 2" pq ta demorando um século pra ser lançado kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Josyelia disse…
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, só rindo ranking de quem mesmo do Gospel Channel nossa que coisa grande hein. A MK nunca vai deixar de ser a primeira não, a Sony é uma gravadora q mais derruba do q levanta olha a Cassiane aposto q a MK com esses CD dela 'pop' tinha vendido milhões, só pela sua divulgação e excelência. Agora se fosse a Central q tivesse contratado a Cassiane pelo menos teria o auxílio do Ministério do Silas mas nem isso a coitada escolheu por isso se deu mal.
Cassi volta pra MK enquanto é tempo dá pra reconstruir a carreira e voltar a faturar milhões como antes.
Thiago Scorza disse…
Josyelia em partes te dou razão. Acredito que Cassiane deveria ter continuado sim na MK, dizem que em time que está vencendo não se meche, e isso se cumpre na vida da Cassi. Se for falar de materialidade a Sony lidera este requisito, pois nem cristã é, entrou no mercado gospel por ser um mercado em alta, lucrativo que tem atraído muitos interessados em R$. Assim também é a dona Som Livre, que lucra bastante com as vendas dos cds DT e Ludmila Ferber, entre outros. Dona Yvelise/MK não é nenhuma santa preocupada com almas, vai pra MK e não vende não pra vê, rua na certa, afinal temos que convir que todas as gravadoras são empresas que precisam de lucros, do contrario não tem beneficios. O que falar da Central? Bom, quando não temos nada pra falar a melhor cooisa é calar-se pra não pecar kkkkkkk. Minha simples opinião. A paz a todos "Acho digno"
HUGO disse…
Olhando de um certo modo, é verdade
Thiago Scorza disse…
Amigo Hugo. A Lauriete não precisa da Sony amigo. Cantar na Sony é ter status de cantor que grava numa multinacional... e só. Deus tem poder de exalta la com uma gravadorea de selo próprio e mostrar que a glória é DELE somente. Vejamos o que mudou na vida das cantoras pentecas?? Damares vendeu bem mas tinha feito isso na gravadora da Mara Lima também, Deus quando quer exaltar ELE exalta e não precisa de ajuda de ninguém. A paz querido Deus te abençõe
HUGO disse…
Então thiago, eu não sei me expressar muito bem (por isso meus comentários são ridículos) mas eu vou tentar. Eu acho que quando um cantor (gospel principalmente) está indo muito bem nas vendas e de uma hora pra outra as vendas decaem, o primeiro chute que eu dou sobre o acontecido é esse: o ego subiu e Deus está provando pra ele mesmo que só o nome de Cristo deve ser engrandecido! O que ninguem entende é que A CULPA NÃO É DA GRAVADORA (na maioria das vezes).
A pessoas ficam dizendo que a culpa das quedas das vendas é o pop, o que tbm não é verdade pois, vou pegar a Elaine como exemplo, o mais recente trabalho dela, o CD escolhidos, é 95% pop e foi considerado um dos tres melhores CDs pentecosais desse ano, e a gente nem sabe se ele vendeu 50 mil cópias direito... E agora? o CD ficou pop e as pessoas o consideram muito bom. Qual é a desculpa por não ter vendido tanto? o Celestial (me corrijam se eu estiver errado) é pentecostal tendo apenas 2 ou 3 louvores pop, e as pessoas o consideram um fiasco (eu não). E aí?
A ariely bonatti cantava apenas pentecostal, e agora como cantora pop vendeu como nunca antes...
Eu gostaria que a lauriete fosse pra sony pois ela é minha cantora preferida e quero vê-la cada vez melhor e creio que essa gravadora, não apenas por ser uma multinacional, tem grande potencial... os caras são inteligentes lá...
A culpa normalmente é do cantor sim. Porém, EU nunca gostei muito da MK! Eu nunca senti a presença de Deus neles, só isso...
Thiago Scorza disse…
Sim, analizando bem em parte vc tem razão. Independente do cd ser pop, ele não deixa de ser penteca, pois o pop é apenas o ritmo, pentecostal é a essencia. Independente do cd ser pop pentecostal ou pentecostal raiz as pessoas querem se emocionar, querem ser tocadas ao ouvir cada nota da canção, querem ser surpreendidas a cada estrofe, a cada refrão, letras que tocam a lavam a alma e penetram os sentimentos. infelismente quando as cantoras adquiriram o POP elas trouxeram letras rapidas pra dar ritmo as canções. Se pararmos pra pensar em algumas epocas o POP fez até bem pras cantoras. Lauriete por exemplo vendeu por volta de 500.000 cópias com sua entrada no POP com o cd Deus. Elaine e seu POP Penteca Pérola até hj é considerado um dos melhores pentecas da história. Precisamos da essencia. Precisamos de unção nas canções. Canções como, "quem chora pra Deus", "projeto santo", "minha benção", "O segredo é louvar", "deus dos deuses", "não chores mais"... louvores que marcaram gerações e quando eram louvados eram reconhecidos pelas primeiras notas, e já levava ao povo a outra dimensão. Hj as canções são repetitivas, só fala de vitória, perdeu a unção, perdeu aquele brilho que havia antigamente. Enfim, quanto a Lauriete ir pra Sony realmente descordo, mas como já te disse, cada um tem sua opinião e eu sempre respeitarei a sua assim como vc sempre respeitou a minha. Todo o ministério de Lauriete foi consolidado na Praise, gravadora que ela e seu ex marido dirigiam, Deus colocou a mesma entre as melhores pentecostais do Brasil, sempre foi ela junto com o esposo que escolheram quem seria o maetro, quem produziria as fotos do cd, quantas cópias iam ser encomendadas para cada lançamento e onde seria distribuido os cds. Deus Honrou a cada cd lançado alcançando almas e ganhando vidas, premiando Lauriete e consolidando o seu nome no meio gospel. Não gostaria de ver a Lauriete na MK também não, mas acredito que ela deveria sim continuar com a sua gravadora, a Visão Music, e tenho certeza que se for da vontade de Deus, ele irá honra la como tem feito todos esses anos. A paz querido. Deus abençõe
HUGO disse…
Exatamente :)
Erlan Silva disse…
Apoio esse comentario!
Anônimo disse…
Eu não conheço o genero musical que se chama pentecostal, quanta besteira se o cd é bom e tem divulgação vende bem, é uma mistura pra sony falta a segunda parte!!!!!

Mais vistas da semana