Casal gay é acusado de abusar sexualmente filho adotivo

Um casal de homossexual é suspeito de agredir e abusar sexualmente de um menino de cinco anos. 

A criança era apresentado aos vizinhos como filho adotivo. Os três viviam em uma casa na zona norte de São Paulo. 

A empregada do casal estranhou o fato do menino ter ferimentos pelo corpo e não querer sair do quarto nem para ir à escola. 

Levado ao hospital, a criança deu entrada com sintomas de desidratação, desnutrição e pneumonia.

A polícia disse que irá procurar a mãe do menino. As vizinhas que entregaram a história à polícia dizem que estão sofrendo ameaças.


O casal de homossexuais desapareceu após a internação do menino.

Jornal da Record
73 comentários

Mais vistas da semana