Deputados vão questionar no Supremo eleição do pastor Marco Feliciano

Mandado de segurança pedirá a anulação da votação que levou Marcos Feliciano à presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara.

Um grupo de deputados do PT, PSOL e PSB, contrários à eleição de Marco Feliciano (PSC-SP) para a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, vão entrar com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a anulação da sessão que elegeu o pastor, na última quinta-feira. A decisão foi tomada nesta manhã, durante reunião convocada para discutir os rumos da comissão e avaliar a criação de uma Frente Parlamentar de Direitos Humanos na Câmara. Os deputados também decidiram entrar com uma representação na Mesa Diretora da Casa.

A ação, prevista para ser protocolada no STF ainda nesta tarde, alega que a votação não cumpriu os preceitos do regimento interno da Casa e da Constituição Federal. Após ter falhado a primeira tentativa de realização do pleito, na última quarta-feira, devido aos protestos e tumultos dentro do plenário, o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves, convocou uma sessão reservada para o dia seguinte e barrar a entrada dos manifestantes. De acordo com os parlamentares, só há a possibilidade de manter a sessão a portas fechadas em caso de guerra ou quando a própria comissão determinar.

Além da questão regimental, os parlamentares não escondem o descontentamento com a eleição de Feliciano, criticado por partidos de esquerda e pelo movimento LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais) por declarações consideradas racistas e homofóbicas. Domingos Dutra (PT-MA), ex-presidente da comissão que se retirou da sessão antes do início da votação de Feliciano, afirma que a situação já tomou dimensões maiores do que a eleição do presidente do Senado, Renan Calheiros. “Esse fato não se resume ao indicado, ao PSC. Diz respeito à Câmara Federal, a Mesa tem de se posicionar”, avaliou. “Esta presidência, com tudo o que ela representa, é a morte da própria comissão”, continuou Erika Kokay (PT-DF). 
A reunião também deliberou outras ações para tentar impedir a posse de Marco Feliciano. Ainda nesta tarde, os parlamentares vão entrar em contato com líderes partidários para que o tema seja levado à reunião de colégio de líderes. Será questionada, ainda, a proporcionalidade do PSC dentro da comissão, formada por cinco parlamentares correligionários após PSDB, PMDB e PP terem cedido suas vagas.

Protestos – Desde que foi divulgada a possibilidade de o pastor assumir a presidência do colegiado, uma série de protestos foram realizados pelo Brasil. Neste fim de semana, houve manifestações em diversas cidades do país pedindo para que Feliciano abandone o cargo. Além disso, uma petição contra Feliciano já conta com mais de 364.000 assinaturas. O mesmo site recolhe votos favoráveis ao pastor, mas a aceitação é baixa: não chega a 3.000 assinaturas.

Diante da insatisfação com a eleição do pastor Feliciano, o líder do PSC, André Moura (SE), convocou uma reunião com a bancada, a ser realizada nesta tarde, para discutir a possibilidade de nomear outro deputado para comandar a comissão. “Sinto que é preciso dialogar. Temos plena confiança de que deputado Feliciano desempenhará o cargo com eficiência e respeito a todas as correntes de opinião. Contudo, a Câmara dos Deputados e o PSC precisam estar em sintonia com o sentimento da sociedade brasileira”, afirmou.

Marcela Mattos, de Brasília - VEJA
Gospel Channel Brasil

Comentários

Anônimo disse…
Sou afastado dos caminhos do Senhor, justamente por ter sofrido descriminação de pastores por ser gay...

Sempre segui e fiz tudo conforme mandava a doutrina, mas só por ser gay, sempre fui julgado, mesmo não praticando os atos homossexuais...

Sempre soube, nasci gay, assim como se nascem negros, altos, baixos, heterossexuais...Só Deus sabe o quanto tente "mudar" e foi em vão!

Hoje sinto muito e sei que Deus está tão triste como eu, por muitos homossexuais se afastarem de vez dos caminhos do Senhor, devido a esses pastores que perderem o verdadeiro mandamento de jesus "Amai o próximo"...

Só tenho algo a falar: DEUS IRÁ COBRAR POR TODO TUDO ISSO...

"Tu, ó homem, que julgas os que praticam tais coisas, mas as cometes também, pensas que escaparás ao juízo de Deus?...

Tu, que ensinas aos outros... não te ensinas a ti mesmo! Tu, que pregas que não se deve furtar, furtas!
Tu, que dizes que não se deve adulterar, adulteras! Tu, que abominas os ídolos, pilhas os seus templos!
Tu, que te glorias da lei, desonras a Deus pela transgressão da lei!
Porque assim fala a Escritura: "Por vossa causa o nome de Deus é blasfemado entre os pagãos (Is 52,5)."

(Romanos 2:3, 21 ao 24)
Ricardo disse…
Por favor....me poupem desses comentários de coitadinhos....

Pq???...Pq??? e Pq???

os gays sempre são excluídos da sociedade...coitadinhos....pq então tentam excluir pessoas contrárias às suas ideias??!!

Não querem receber nomes pejorativos, porém esquecem de medir palavras para classificar os critãos e pastores!!!

Falam de aceitação, contudo são extremamente intransigentes

pregam a democracia, mas muitos são extremamente anarquistas e preconceituosos!!

descupem coitadinhos....mas não concordo com o que querem instituir no país!!

amo todas as pessoas, não importa o que fizeram ou que façam, mas posso tb discordar de atitudes que, ao meu ver, não agrega ou soma forças para o bem comum!!
Anônimo disse…
Não se nasce gay não há gametas pra tal afirmação. Ou é gameta masculino ou feminino, ser gay é uma opção e não um dna, uma genética, nem a ciência comprova sua a firmação. Mas Jesus te ama. Mesmo os defensores da origem genética da homossexualidade admitem que a eventual “predisposição inata” só se transforma em efetivo desejo homossexual por força de fatores desencadeadores de natureza psicossocial, dentre os quais: obsessiva ligação com uma mãe autoritária ou possessiva; falta de uma figura paterna significativa como modelo de identificação; experiências de iniciação na infância ou adolescência; e fixação ou regressão da personalidade a níveis auto-eróticos, com supervalorização do falo (órgão sexual masculino).

O homossexual é um homem ressentido por acreditar que não tem o corpo que sua mente mereceria. Freud também considerava que o meio onde as crianças se desenvolvem é fator determinante de sua sexualidade.

Snoek divide estes fatores determinantes em três categorias:

1. Fisiológicos - Nenhuma das teorias (genética, hormonal, morfológica) foi comprovada;

2. Familiares - Uma mãe dominante, juntamente com um pai apagado; uma supermãe, tão envolvente que para o filho só existe uma mulher, que é ela; a mãe frustrada no seu relacionamento com o marido, incutindo na cabeça das filhas que homem nenhum tem valor; um superpai que exige uma virilidade impossível de ser alcançada pelo filho; os pais desejam um menino, mas nasce uma menina;

3. Sociais – O unissexismo, que ocorre na forma do segregacionismo ou do igualitarismo; o anarquismo; e a sedução por adultos.

Por Que Deus Condena o Homossexualismo?

Deus abençoou o homem e a mulher e lhes deu o mandamento de serem fecundos e multiplicarem-se (Gn 1:28). O casamento é a “união de duas pessoas que originalmente foram uma, depois foram separadas uma da outra, e agora no encontro sexual do casamento se uniram novamente”. Lovelace acrescenta dizendo que “não é por acidente que toda forma de expressão sexual fora da aliança do casamento seja explícita ou implicitamente condenada no restante das Escrituras”.
Anônimo disse…
Sou o "pecador" do primeiro comentário, como assim com certeza vão me julgar?

Caro irmão, você já está pecando por me julgar...se parar pra pensar, jesus só não voltou porque infelizmente não iria ninguém, pois evangélicos pecam, acham que não pecam, fingem que não pecam e julga o pecado do outro...

Você não é gay pra fazer tal afirmação...Assim como nasceu certo de sua heterossexualidade não fale daquilo que jamais será...

Fica a dica, sei bem que estamos perto do fim...os sinais mostram, e sinto pena das almas que hoje seguem falsos profetas que não tem "nitidamente" a vida em comunhão e não seguem a bíblia e só porque estão na mídia o povo já acham que são santos intocáveis e os idolatras, como os cantores e cantoras

“Tenho ouvido o que dizem aqueles profetas, proclamando mentiras em meu nome, dizendo: Sonhei, sonhei. Até quando sucederá isso no coração dos profetas que proclamam mentiras, que proclamam só o engano do próprio coração? Os quais cuidam em fazer que o meu povo se esqueça do meu nome pelos seus sonhos que cada um conta ao seu companheiro....Portanto, sou contra esses profetas, diz o Senhor, que furtam as minhas palavras..., que pregam a sua própria palavra e afirmam: Ele disse! Eis que eu sou contra os que profetizam sonhos mentirosos, diz o Senhor, e os contam, e com as suas mentiras e leviandades fazem errar o meu povo; pois eu não os enviei, nem lhes dei ordem, e também proveito nenhum trouxeram a este povo, diz o Senhor” (Jeremias 25-32)."
Anônimo disse…
Não adianta citar termos que aqui não cabem como argumentos senhor defensor da ideologia gay!!!

Mais vistas da semana